Metais pesados no vale do Ribeira e em lguape-Cananéia

Autores

  • Geraldo G. J. Eysink CETESB
  • Helcias B. de Pádua CETESB
  • Stela A. E. Piva-Bertoletti CETESB
  • Magali C. Martins CETESB
  • Denise Navas Pereira CETESB
  • Sergio Roberto CETESB

Palavras-chave:

Iguape-Cananéia, Vale do Ribeira, metais pesados, chumbo, contaminação, água, sedimento

Resumo

Foram avaliados, de modo preliminar, em outubro de 1986, os níveis de contaminação por metais pesados e pesticidas organoclorados da água e do sedimento do rio Ribeira e do complexo estuarino-lagunar Iguape-Cananéia. Foi constatado que o chumbo ultrapassou em até 550 vezes o limite recomendado para a água, levando em conta a preservação da vida aquática, no Alto Ribeira. Em relação ao sedimento, constatou-se que ultrapassou em 100 vezes o limite recomendado e, apesar de sua presença ir diminuindo ao longo do rio, este limite sempre foi excedido. Estes fatos evidenciam a· necessidade de se dar continuidade ao trabalho, considerando-se o interesse na preservação do ecossistema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geraldo G. J. Eysink, CETESB

Biólogo da CETESB

Helcias B. de Pádua, CETESB

Bióloga da CETESB

Stela A. E. Piva-Bertoletti, CETESB

Bióloga da CETESB

Magali C. Martins, CETESB

Analista de Laboratório da CETESB

Denise Navas Pereira, CETESB

Bióloga da CETESB

Sergio Roberto, CETESB

Biólogo da CETESB

Downloads

Publicado

1988-01-01

Como Citar

EYSINK, G. G. J. .; PÁDUA, H. B. de; PIVA-BERTOLETTI, S. A. E.; MARTINS, M. C. .; PEREIRA, D. N.; ROBERTO, S. . Metais pesados no vale do Ribeira e em lguape-Cananéia. Revista Ambiente, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 6–13, 1988. Disponível em: https://revista.cetesb.sp.gov.br/revista/article/view/48. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos