Proposta metodológica para avaliação ambiental

Autores

  • Cristina F. S. Meirelles CETESB
  • Elisabete Cristina Kono CETESB
  • Maria Raquel P. S. Pacheco
  • Rosangela Pacini Modesto

Palavras-chave:

Ubatuba, escorregamento, impacto, metodologia

Resumo

Tendo em vista solucionar os problemas de escorregamentos de terra na Serra do Mar. em Cubatão, buscou-se, através de uma área piloto (Ubaruba -estado zero) elaborar um estudo visando ao estabelecimento de critérios e indicadores para avaliação dos níveis de suscetibilidade do meio, com o objetivo de fornecer uma metodologia específica para análise ambiental de quaisquer áreas similares à piloto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina F. S. Meirelles, CETESB

Geógrafa da CETESB

Elisabete Cristina Kono, CETESB

Geógrafa da CETESB

Maria Raquel P. S. Pacheco

Estagiária de Geografia da CETESB

Rosangela Pacini Modesto

Estagiária de Geografia da CETESB

Downloads

Publicado

1987-12-01

Como Citar

MEIRELLES, C. F. S.; KONO, E. C.; PACHECO, M. R. P. S.; MODESTO, R. P. Proposta metodológica para avaliação ambiental. Revista Ambiente, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 163–167, 1987. Disponível em: https://revista.cetesb.sp.gov.br/revista/article/view/43. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos