Efeitos do óleo nas folhas de mangue

Autores

  • Fabíola de Oliveira Rodrigues CETESB
  • Débora Orgler de Moura CETESB
  • Claudia Condé Lamparelli CETESB

Palavras-chave:

derramamento de óleo, manguezal, impacto ambiental, estuário, ecossistema, Baixada Santista

Resumo

Neste trabalho realizado em áreas de manguezal da Baixada Santista do litoral do Estado São Paulo, foram estudados os efeitos do petróleo em R. mangle, L. racemosa e A. schaueriana durante um período de quatro anos. Inicialmente, observou-se uma acentuada desfolhação e, a longo prazo, foi constatado um aumento da superfície foliar e uma diminuição da porcentagem de pastejo para as três espécies. Além disso, foram feitas observações sobre o aspecto das folhas, tais como: alterações de pigmentação, textura e forma. O estudo das alterações morfológicas ocorridas como resposta a derramamentos de óleo se constitui em importante instrumento para a compreensão dos efeitos de um tensor sobre o ecossistema, o que contribui para a implementação de uma metodologia prática de avaliação de impacto baseada em padrões ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabíola de Oliveira Rodrigues, CETESB

Bióloga do CETESB

Débora Orgler de Moura, CETESB

Bióloga do CETESB

Claudia Condé Lamparelli, CETESB

Bióloga do CETESB, Mestre em Ecologia

Downloads

Publicado

1989-01-01

Como Citar

RODRIGUES, F. de O.; MOURA, D. O. de .; LAMPARELLI, C. C. Efeitos do óleo nas folhas de mangue. Revista Ambiente, São Paulo, v. 3, n. 1, p. 36–45, 1989. Disponível em: https://revista.cetesb.sp.gov.br/revista/article/view/131. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos