A cobrança sobre o uso dos recursos hídricos

Autores

  • Marcelo Pereira de Souza USP
  • Júlio Manuel Pires USP

Resumo

O presente trabalho aborda, sob a ótica da Teoria Marginalista ou Neoclássica, a aplicação da cobrança sobre os usos dos recursos hídricos nas diferentes estruturas de mercado: concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolística e oligopólio. Pelas características do assunto, o trabalho foi dividido em duas partes. Na primeira, foram contempladas questões básicas para o entendimento global do problema enfocado. Na segunda parte foram abordadas as diferentes estruturas de mercado e algumas situações peculiares, tendo como objetivo obter a informação de qual segmento social e econômico irá arcar com o ônus da cobrança pelos usos dos recursos hídricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Pereira de Souza, USP

Professor-Assistente, Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo

Júlio Manuel Pires, USP

Professor-Assistente, Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

1992-01-01

Como Citar

SOUZA, M. P. de; PIRES, J. M. A cobrança sobre o uso dos recursos hídricos. Revista Ambiente, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 25–36, 1992. Disponível em: https://revista.cetesb.sp.gov.br/revista/article/view/115. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos